[ editar artigo]

Diminuição de gastos na pandemia

Diminuição de gastos na pandemia

 pandemia nos trouxe muitas incertezas sobre o futuro. O medo de perder o emprego ou ter salário reduzido são grandes motivos de o por que pensamos duas vezes antes de comprar algo agora. Nossas pesquisas mostram que 20% das pessoas ficaram desempregadas durante a quarentena. 

O nosso consumo foi redirecionado, e as prioridades de gastos viraram outras. Vendo como o desemprego não diminuiu desde o início da quarentena, o medo de precisar de dinheiro aumentou. 

 Mesmo para quem continua a ganhar um salário, as coisas não estão fáceis. Cerca de 15% se endividaram por causa da pandemia, e outros 21% afirmam que têm chance de se endividar nos próximos meses. 

Sem falar nas notícias pessimistas sobre a economia. Por não sabermos como será o dia de amanhã, vale mais a pena gastar só com o que é essencial e economizar ao máximo.

O Novo Normal
Michel Alcoforado
Michel Alcoforado Seguir

Antropólogo.Phd, especializado em consumo e comportamento, e sócio fundador do Grupo Consumoteca. Colunista do UOL TAB e comentarista da rádio CBN, produz e participo do podcast CAOScast e Rastros, além de ter ministrado mais de 400 palestras.

Ler conteúdo completo
Indicados para você